GRATO PELA VISITA - Não postamos ANÔNIMOS

GRATO PELA VISITA - SEM ANÔNIMOS

terça-feira, 30 de agosto de 2011

A longevidade das PROFESSORAS ... "O SEGREDO"




Um médico saiu pra caminhar e viu a velhinha da foto sentada num banco fumando um cigarrinho.  
Se aproximou e perguntou:
"Se nota que é tão feliz.....qual é seu segredo??  
Ela  respondeu:  "Sou PROFESSORA, durmo às 3 da manhã corrigindo provas e planejando atividades, me levanto às 6 da manhã.   Nos fins de semana não pratico nenhuma atividade física, não me divirto. Trabalho fazendo projetos, corrigindo mais provas, revisando exercicios ou atualizando meu blog!!! Todo final de semana,  sábado, domingo e se a segunda é feriado, também.  
  Não tomo café, não almoço e nem janto direito porque não dá tempo. 

   O doutor então exclamou: 
- "Mas isso é extraordinário. Quantos anos a senhora tem??   
- 39, lhe respondeu a velhinha!

http://potyline.blogspot.com/

ABAIXO-ASSINADO VIRTUAL PARA SALÁRIOS DIGNOS AOS PROFESSORES

Se você acha que os professores ganham pouco e que estão sendo desvalorizados, assine essa petição pública e fazer valer a sua opinião.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Educação: professor sem salario digno e de barriga vazia.


Não é de hoje que isso vem acontecendo, mas o Rio Grande do Norte se mostra cada vez mais indisposto a melhorar a educação. Nem preciso apontar os números referentes a esse setor para que possamos verificar que nosso estado, assim como o resto do país, não caminha rumo à modernidade ou às melhorias no direito básico de todo e qualquer cidadão.

Ser brasileiro está cada vez mais difícil, pois nem receber o mínimo que o governo deveria prover nós estamos mais. Educação está sempre em evidencia nesse país primata, mas não com boas noticias.

Hoje cedo, ao levantar, liguei a TV e vi que agora o governo quer punir o professor “por comer a merenda do aluno”. Façam-me um favor. Esse discurso agora só vem mostrar o que todos nós já sabemos: o governo não está nem ai para a educação e que o DEM é um partido de atuação pífia. Sem diálogo.

Parecemos viver uma verdadeira ditadura. Está tudo caminhando para um caos total. Não conseguimos ver a luz no fim do túnel. Já não bastavam os descasos para com os professores e alunos, os salários ridículos, as dificuldades de aposentadoria e licenças que todos têm o direito, agora essa de falar que o professor está comendo a merenda do aluno? Estão tentando transformar o professor em vilão. Estamos vivenciando uma verdadeira inversão de valores, pois os professores nesse país são os únicos e verdadeiros heróis que ainda podemos apontar.

Para que serve a escola nesse país? Estão usando a educação para outros fins. A escola virou palanque. Todo ano você é obrigado a conviver com discursos divorciados da prática e baixar a cabeça para governantes que não conseguem nem sentir ressaca moral.

E você povo potiguar, o que vai fazer? Chegaram a hora e a vez de você se mover e fazer a diferença. Levante a bandeira da mudança; da educação e de dias melhores para todos os cidadãos que trabalham duro para manter essa maquina funcionando. Diga não para esses pseudo-líderes e libertem-se dessas amarras que apenas sufocam seus pulsos. Não para a ditadura no Estado Do Rio Grande do Norte. 




Vejam o que a atual governadora falou da educação em seu estado, o Rio Grande do Norte.


O nome do vídeo é “Rosalba manifesta preocupação com Educação no RN”. Será que está mostrando mesmo preocupação? 

STF publica decisão que declara legal o piso nacional dos professores



O Supremo Tribunal Federal (STF) publicou nesta quarta (24) o acórdão do julgamento ocorrido em abril que reconheceu a constitucionalidade da lei que criou o piso nacional do magistério. Alguns governos estaduais e prefeituras estavam aguardando a publicação do acórdão para se adequar à legislação.

A Lei do Piso foi sancionada em 2008 e determinou que nenhum professor da rede pública com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais pode ganhar menos de R$ 950 por mês. Com a correção, o valor do piso este ano passou para R$ 1.187. Quando a lei foi aprovada, cinco governadores entraram no STF questionando a constitucionalidade do piso nacional.

Este mês, professores de 21 estados pararam as atividades para exigir o cumprimento da lei. Para a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), "a decisão do STF, tão aguardada por milhões de trabalhadores em educação, torna incontestável qualquer opinião que desafie a constitucionalidade e a aplicação imediata da lei".

O STF confirmou, no julgamento, que o piso nacional deve ser interpretado como vencimento básico, isto é, sem gratificações e outros adicionais. As prefeituras alegam que não têm dinheiro para garantir o salário de acordo com o que determina a lei. Levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) com 1.641 prefeituras mostra que, considerando o piso como vencimento inicial, a média salarial paga a professores de nível médio variou, em 2010, de R$ 587 a R$ 1.011,39. No caso dos docentes com formação superior, os salários variaram entre R$ 731,84 e R$ 1.299,59.

Outro levantamento, feito pela CNTE com os sindicatos filiados, mostrou que 17 estados não pagam aos professores o valor mínimo estabelecido em lei. Não há levantamento sobre o cumprimento da lei nas redes municipais.

Estados e municípios podem pedir ao Ministério da Educação uma verba complementar para estender o piso nacional à todos os professores. Paraconseguir o dinheiro, é preciso comprovar que aplica 25% da arrecadação em educação, como prevê a Constituição Federal, e que o pagamento do piso desequilibra as contas públicas. O MEC tem R$ 1 bilhão disponíveis para este fim, mas, desde que a lei foi criada, nenhuma das prefeituras que solicitaram a complementação de recursos cumpriu as exigências necessárias para receber o dinheiro.

Bombeiros salvam quatro adolescentes na praia de buzius. Uma ainda está desaparecida.


Por volta das 10:20 horas deste domingo, 28, cinco adolescentes foram surpreendidos pelas correntes marítimas quando se divertiam na praia de buzius. O grupo era composto por membros de uma mesma família, sendo três irmãos de Mossoró (R.S de 14 anos, A.V de 16 anos e Andrea Vitor de 18 anos) e dois de Parnamirim (S.M.X de 12 anos e L.M. X de 15 anos).
Os bombeiros iniciavam um patrulhamento no litoral norte quando avistaram as vítimas sendo levadas pelo mar. Quatro bombeiros entraram nas águas e resgataram quatro delas. Ao retirarem as primeiras vítimas, a família sentiu falta da adolescente mais nova, S.M.X de 12 anos, moradora do bairro Vida Nova, em Parnamirim.
Novas buscam com auxílio de embarcações da corporação foram iniciadas no litoral e permaneceram até o por do sol, deste domingo, quando foram interrompidas por questão de segurança.
As buscas reiniciam nesta segunda feira, pela manhã.  
De janeiro a julho de 2011, o CBMRN registrou 48 salvamentos aquáticos no litoral potiguar.

por Moésio Marinho Maia 

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Balas da PM mataram juíza no Rio

Rio (AE) - O comandante da Polícia Militar do Rio, coronel Mário Sérgio Duarte, admitiu a participação de PMs na execução da juíza Patrícia Acioli, no dia 12, depois que exames da Divisão de Homicídios revelaram que pertencem ao paiol da corporação os projéteis que mataram a magistrada. A Corregedoria da corporação vai apurar o desvio da munição para pistola calibre .40, uma das armas utilizadas no assassinato. 

O coronel disse que "trabalhava com a possibilidade" de envolvimento de policiais desde o dia do crime e apontou que houve a participação de PMs "no mínimo em alguma fase, da execução até a preparação" do assassinato. A suspeita do envolvimento de policiais na execução começou quando os peritos da Divisão de Homicídios (DH) encontraram no local do crime dois estojos de munição deflagrada de pistola .40, arma que é usada por 5 mil policiais da corporação. 

Em seguida, exame no laboratório de perícia revelou, pela marca impressa a laser nesses estojos, que a munição pertencia a um lote de 10 mil projéteis vendido pela Companhia Brasileira de Cartuchos à PM. Registros da Secretaria de Segurança apontam que a munição foi distribuída para três batalhões, incluindo o 7º (São Gonçalo), onde trabalhava a maioria dos 60 policiais condenados pela magistrada. Também foram abastecidos os batalhões de Niterói e Itaboraí. 

Desde a Lei 10.826/2003, toda munição fabricada no País tem a identificação do lote e do adquirente nos projéteis. No Rio, 80% dos homicídios são praticados com munição identificada, o que facilita o rastreamento. A outra arma utilizada no assassinato da juíza foi uma pistola calibre 45, de uso exclusivo das Forças Armadas. Estojos da munição dessa arma também foram recolhidos pela perícia. 

A falta de controle da PM sobre a munição retirada dos batalhões pelos policiais impede a identificação imediata dos PMs que estariam envolvidos no crime. No entanto, as investigações estão avançadas e concentradas em um grupo de policiais que integravam o 7º BPM e também pertenciam a grupos criminosos em São Gonçalo. 

 Dois processos administrativos encerrados pelo Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) em 2009 e em 2011, a que a reportagem teve acesso, concluíram que não havia "nenhum fato digno de registro com relação a ameaça" contra Patrícia Acioli.

Segundo o desembargador Luiz Zveiter, presidente do TJ-RJ entre fevereiro de 2009 e janeiro de 2011, Patrícia enviou relatórios sobre as ameaças, mas não solicitou escolta e não se manifestou após a decisão da instituição. "Todas as informações foram apuradas e verificou-se que nenhuma delas tinha fundamento. Não havia necessidade de conceder ou reforçar a segurança." 



http://tribunadonorte.com.br/noticia/balas-da-pm-mataram-juiza-no-rio/193276

Delegacias ficam sem carros e policiais

Andrey Ricardo - do Jornal de Fato, de Mossoró

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte vai passar um período que varia entre 30 e 60 dias sem uma parte da sua frota de veículos. Cerca de 30 carros que foram alugados através de um convênio com a empresa Protur e serviam às delegacias de Polícia Civil já foram recolhidos. Em Mossoró, a Delegacia de Narcóticos (DENARC), por exemplo, perdeu os dois únicos carros que tinha. A previsão da direção administrativa da Delegacia Geral de Polícia Civil é que a reposição demore até 60 dias.

As viaturas que foram locadas através de convênio firmado com a Protur são: Fiat Pálio Wekeend, Wolkswagen Parati e Mitsubishi L 200. Os dois primeiros tipos de veículos, aproximadamente 20, já foram recolhidos desde a semana passada. O prazo do contrato com as caminhonetes se vence hoje, mas os carros já foram entregues. Para delegacias que tinham apenas veículos que vieram dessa parte da frota o prejuízo foi gigante. A Delegacia de Narcóticos de Mossoró tinha uma Parati e uma L200 e teve de devolver os dois veículos. Hoje, a Denarc está sem carro e conta, apenas, dois policiais.

Além da Denarc, na região de Mossoró perderam viaturas ainda a Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), a Divisão de Polícia do Oeste (DIVIPOE) e a Delegacia de Polícia Civil de Apodi. A DP de Furtos e Roubos fica agora com apenas dois veículos, um dos quais bastante antigo. O delegado Gustavo Leite Santana, diretor administrativo da Delegacia Geral de Polícia Civil (DEGEPOL), disse que os aproximadamente 30 veículos recolhidos estavam divididos em unidades do interior e da Região Metropolitana de Natal e que a reposição será adiantada para reduzir danos.

Quanto às viaturas de pequeno porte, a previsão do delegado Gustavo Santana é que elas sejam repostas em aproximadamente 30 dias. Já com relação às caminhonetes, a reposição deverá ser mais demorada e poderá ocorrer em dois meses. Ao ser questionado sobre uma possível falta de planejamento, que deixou ainda mais delicada a situação da Polícia Civil nas cidades do interior, o delegado discordou. Ele afirmou que houve um planejamento, mas os processos atrasaram. "O problema é a demora no andamento dos processos, que acabou ficando além do prazo que nós estipulamos", resumiu Santana.

Ele adiantou à reportagem que a Delegacia Geral de Polícia Civil está buscando saídas alternativas para tentar repor pelo menos uma parte das viaturas que foram retiradas. Além do contrato com a Protur, que foi encerrado, existem ainda outras viaturas alugadas pelo Governo, como é o caso do contrato com a empresa Locavell, que responde por grande parte dos carros que são usados pelas Polícias Civil e Militar do Rio Grande do Norte. "Vamos tentar remanejar um carro ou outro para amenizar a situação e também tentar agilizar os processos da locação", disse, sem previsão concreta.


quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Dnocs pediu licença para implantar perímetro irrigado de Apodi.


Trabalhadores protestam e afirmam que projeto está suspenso enquanto não houver concordância.

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) requereu, junto aos órgãos especializados, a licença de instalação da primeira etapa do Perímetro Irrigado Santa Cruz do Apodi. O projeto da ordem de R$ 250 milhões alcançará 5.200 hectares, atendendo os municípios de Apodi e Felipe Guerra, e beneficiará 80 mil pessoas.
Ontem, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apodi, Francisco Edilson Neto, que está em Teresina (PI), avisou que, de acordo com o último encontro com o ministro da Integração Nacional, Fernando Coelho, o processo de implantação do projeto está suspenso. "Essa decisão foi dada para que houvesse novos diálogos", disse.
De acordo com Edilson, a proposta contém uma série de irregularidades que põem em risco outros projetos. "Estão dizendo que precisarão de 5 metros cúbicos de água por segundo, mas se isso acontecer não sobrará água para abastecer as cidades através da adutora Alto Oeste", reclamou Edilson.
Foi marcada para amanhã outra reunião entre os campesinos, o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Ministério da Integração Nacional e o Dnocs, para tentarem chegar a um consenso. Os trabalhadores querem que a água seja acessada por vários setores, principalmente a agricultura familiar. O documento exige ainda que primeiro seja irrigado o Vale do Apodi, aproveitando o projeto piloto de 230 hectares, e que seja perenizado o rio Umari, atendendo às famílias de Apanha-Peixe, em Caraúbas.
O projeto é um sonho antigo da população apodiense desde que foi concluída a barragem Santa Cruz do Apodi, em 2002. No entanto, a maneira como está sendo proposto tem deixado insatisfeitos os pequenos agricultores. Mais de dois mil trabalhadores da agricultura familiar protestam que o perímetro será implantado de forma tradicional, beneficiando o agronegócio.
A preocupação dos trabalhadores é que aconteça em Apodi o mesmo que aconteceu em Baraúna, Ipanguaçu e Limoeiro do Norte (CE), onde as grandes empresas se apossaram das melhores terras para produzir de forma tradicional, prejudicando as terras e transformando os pequenos proprietários em assalariados.
O embate entre poder público e os movimentos sociais já dura alguns meses e já foi notícia até em Portugal. A Prefeitura de Apodi tenta amenizar os desencontros, construindo, inclusive, uma cartilha explicativa sobre o projeto.

JOSÉ DE PAIVA
Da Redação do Jornal De Fato.

Ex-governador Iberê informa via twitter que médicos descobriram tumor em seu cérebro



O ex-governador Iberê Ferreira de Souza (PSB) informou através do microblog "twitter", após um exame realizado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, que médicos descobriram um tumor na área periférica do cérebro.

O mesmo informou que o tumor era pequeno, e pediu ajuda e orações diante desse novo desafio. "Tenho muita fé e confio que Deus irá me ajudar a vencer mais essa batalha.", disse o ex-governador Através do Twitter.
A cirurgia para a retirada do tumor poderá acontecer de hoje para amanhã no Hospital Sírio Libanês em SP.

fonte

Primeiros resultados das greves. PARTE I

Os seres humanos são mesmo muito desprezíveis. Digo isso baseado na informação que tenho diante de meus olhos (http://uern.br/administracao/agecom.asp?menu=noticia&notid=3398). Durante esse ano letivo a escola do estado do rio grande do norte está em greve, como eles mesmos definiram, por tempo indeterminado. Qual delas tem um tempo determinado para acabar? O que acontece aqui é que não apenas eles não conseguiram o que pediram, como também perderam o que tinham: os contratos dos professores substitutos foram “cancelado s”. Até ai tudo bem, mas o que acontece é que eles, em momento algum, assumem que fizeram errado em relação à essa velha formula. Greve é coisa velha; do passado. Os grandes prejudicados com isso são os alunos e a sociedade de forma geral.
Quando se faz uma greve dessas, temos que pensar em suas possíveis consequências; quantas pessoas sairão prejudicadas e etc. quando digo que greve é coisa do passado, digo isso baseado em todos os resultados adquiridos com as greves que já presenciei.
Ao fazer a opção pela greve, os seus responsáveis não pensaram nos alunos que precisam da graduação para seguir suas vidas; prestar concursos públicos, cumprirem compromissos assumidos e, em muitos casos, se livrarem das amarras impostas pelo ensino superior incompleto. Além disso, quem fez opção pela greve não pensou naquelas pessoas que são de outras cidades e que pagam aluguel apenas porque precisam residir na cidade onde estudam. O aluguel não para; as aulas sim.
Acho que lutar pelos seus direitos e algo imprescindível; necessário e importante para a manutenção do direito, mas greve já mostrou ser um caminho arcaico. Enquanto as aulas estão paradas, os alunos precisam se reinventar. Não me entendam de forma errônea, mas argumentar que os contratos foram rescindidos apenas para não mostrarem a fraqueza do movimento grevista não me parece salutar.
Logo essa greve terminará e todos os seus responsáveis serão obrigados a voltar, infelizmente, com a sensação de derrota. Estou do lado daqueles que lutam por dias melhores nesse país, mas acima de tudo, estou do lado dos jovens, dos alunos que mudarão os rumos desse país.
Já fui professor substituto e sei o que deve estar acontecendo com os que tiveram seus contratos “provisoriamente” rescindidos. Outro dia, alguns alunos meus disseram que não prestariam vestibular nessa universidade porque não queriam correr o risco começar um curso e não terminar... Fico até sem argumento para defender a instituição onde me formei.
Educação nesse país deveria ser totalmente privatizada. Assim teríamos ensino de qualidade, ou demissões; professores em salas de aulas praticando seu oficio. Essa profissão não dá dinheiro, para ser PROFESSOR tem que gostar do que está fazendo sem pensar em recompensa financeira. Entrou nessa, tem que saber disso logo antes, ninguém pense “comigo vai ser diferente”, pois quem joga os dados é o sistema.
Vem mais greve por ai: IFs.


Bruno Coriolano

SAIBA MAIS SOBRE AS DROGAS!

Drogas

Conceitos
Droga é toda e qualquer substância, natural ou sintética que, introduzida no organismo modifica suas funções. As drogas naturais são obtidas através de determinadas plantas,de animais e de alguns minerais. Exemplo a cafeína (do café), a nicotina (presente no tabaco), o ópio (na papoula) e o THC tetrahidrocanabiol (da maconha). As drogas sintéticas são fabricadas em laboratório, exigindo para isso técnicas especiais. O termo droga, presta-se a várias interpretações, mas comumente suscita a idéia de uma substância proibida, de uso ilegal e nocivo ao indivíduo, modificando-lhe as funções, as sensações, o humor e o comportamento. As drogas estão classificadas em três categorias: as estimulantes, os depressores e os perturbadores das atividades mentais. O termo droga envolve os analgésicos, estimulantes, alucinógenos, tranquilizantes e barbitúricos, além do álcool e substâncias voláteis. As psicotrópicas, são as drogas que tem tropismo e afetam o Sistema Nervoso Central, modificando as atividades psíquicas e o comportamento. Essas drogas podem ser absorvidas de várias formas: por injeção, por inalação, via oral, injeção intravenosa ou aplicadas via retal (supositório).

Intoxicação Aguda
É uma condição transitória seguindo-se a administração de álcool ou outra substância psicoativa, resultando em perturbações no nível de consciência, cognição, percepção, afeto ou comportamento, ou outras funções ou respostas psicofisiológicas.

Uso Nocivo
É um padrão de uso de substância psicoativa que está causando dano à saúde. O dano pode ser físico (como no caso de hepatite decorrente da administração de drogas injetáveis) ou mental (ex. episódio depressivo secundário a um grande consumo de álcool).

Toxicomania
A toxicomania é um estado de intoxicação periódica ou crônica, nociva ao indivíduo e à sociedade, determinada pelo consumo repetido de uma droga, (natural ou sintética). Suas características são:
1 - irresistível desejo causado pela falta que obriga a continuar a usar droga.
2 - tendência a aumentar a dose.
3 - dependência de ordem psíquica (psicológica), às vezes física acerca dos efeitos das drogas.

Breve história das drogas
A longa trajetória das substâncias psicotrópicas com o passar dos milênios.
Clique e confira! 

Síndrome de Dependência
É um conjunto de fenômenos fisiológicos, comportamentais e cognitivos, no qual o uso de uma substância ou uma classe de substâncias alcança uma prioridade muito maior para um determinado indivíduo, do que outros comportamentos que antes tinham mais valor.
Uma característica central da síndrome da dependência é o desejo (frequentemente forte e algumas vezes irresistível) de consumir drogas psicoativas as quais podem ou não terem sido prescritas por médicos.

Codependência
Codependência é uma doença emocional que foi "diagnosticada" nos Estados Unidos por volta das décadas de 70 e 80, em uma clínica para dependentes químicos, através do atendimento a seus familiares. Porém, com os avanços dos estudos das causas e dos sintomas, que são vários, chegou-se à conclusão de que esta doença atinge não apenas os familiares dos dependentes químicos, mas um grande número de pessoas, cujos comportamentos e reações perante a vida são um meio de sobrevivência.
Os codependentes são aqueles que vivem em função do(s) outro(os), fazendo destes a razão de sua felicidade e bem estar. São pessoas que têm baixa auto-estima e intenso sentimento de culpa. Vivem tentando "ajudar" outras pessoas, esquecendo, na maior parte do tempo, de viver a própria vida, entre outras atitudes de auto-anulação. O que vai caracterizar o doente é o grau de negligenciamento de sua própria vida em função do outro e de comportamentos insanos.
A codependência também pode ser fatal, causando morte por depressão, suicídio, assassinato, câncer e outros. Embora não haja nas certidões de óbito o termo codependência, muitas vezes ela é o agente desencadeante de doenças muito sérias. Mas pode-se reverter este quadro, adotando-se comportamentos mais saudáveis. Os profissionais apontam que o primeiro passo em direção à mudança é tomar consciência e aceitar o problema.

Abstinência Narcótica
Independente de sexo ou idade, na gravidez ou não, sempre que se suspendem de forma abrupta os narcóticos, poderá eclodir numa pessoa viciada nestas drogas, uma sequência de sintomas que vão caracterizar a síndrome de abstinência narcótica.

As primeiras 4 horas de abstinência
- Ansiedade, comportamento de procura da droga

As primeiras 8 horas de abstinência
- Ansiedade, procura da droga, lacrimejamento, coriza intensa, bocejos frequentes, sudorese excessiva, adinamia, fraqueza geral

As primeiras 12 horas de abstinência

- Ansiedade, procura da droga, lacrimejamento, coriza intensa, bocejos frequentes, sudorese excessiva, adinamia, fraqueza geral, dilatação das pupilas, tremores musculares, ondas de frio, ondas de calor, ereção dos pelos cutâneos, dores ósseas, dores musculares

As primeiras 18-24 horas de abstinência
- Ansiedade, procura da droga, lacrimejamento, coriza intensa, bocejos frequentes, sudorese excessiva, adinamia, fraqueza geral, dilatação das pupilas, tremores musculares, ondas de frio, ondas de calor, ereção dos pelos cutâneos, dores ósseas, dores musculares, insônia, náusea, vômitos, muita inquietação, aumento da frequência respiratória, pulso rápido, aumento da profundidade da respiração, aumento da pressão arterial, hipertermia (febre), dor abdominal

As primeiras 24-36 horas de abstinência
- Ansiedade, procura da droga, lacrimejamento, coriza intensa, bocejos frequentes, sudorese excessiva, adinamia, fraqueza geral, dilatação das pupilas, tremores musculares, ondas de frio, ondas de calor, ereção dos pelos cutâneos, dores ósseas, dores musculares, insônia, náusea, vômitos, muita inquietação, aumento da frequência respiratória, pulso rápido, aumento da profundidade da respiração, aumento da pressão arterial, hipertermia (febre), dor abdominal, diarréia, ejaculação espontânea, perda de peso, orgasmo espontâneo, sinais de desidratação clínica, aumento dos leucócitos sanguíneos, aumento da glicose sanguínea, acidose sanguínea, distúrbio do metabolismo ácido-base

Síndrome de abstinência no recém-nascido
Costuma ocorrer após 48 horas do parto de uma gestante viciada em narcóticos com as características:
- Febre, tremor, irritabilidade, vômitos, hipertonicidade muscular, insuficiência respiratória, convulsão, choro agudíssimo, muitas vezes pode ocorrer a morte do recém-nascido
(Fonte: Salvar o Filho Drogado, Dr. Flávio Rotman, 2ª edição, Editora Record)

Gírias utilizadas por usuários de drogas
queimar um - fumar
mocosar - esconder
caretaço - livre de qualquer efeito da maconha
sussu - sossego
rolê - volta
pifão - bebedeira
rolar - preparar um cigarro
cabeça feita - fuma antes de ir a um lugar
chapado - sob o efeito da maconha
bad trip - viagem ruim, com sofrimentos
nóia - preocupação
marofa - fumaça da maconha
tapas - tragadas
palas - sinais característicos das drogas
larica - fome química
matar a lara - matar a fome química
maricas - cachimbos artesanais
pontas - parte final da maconha não fumada
cemitério de pontas - caixinha ou recipientes plásticos usados para guardar as pontas
pilador - socador para pressionar a maconha já enrolada dentro da seda
dichavar o fumo - soltar a maconha compactada em tijolos ou seus pedaços e separar as partes que lhe dão gosto ruim
sujeira - situação perigosa
dançou - usuário que foi flagrado fumando
mocós - esconderijos de droga
"pipou uma vez, está fisgado"
(Fonte: Anjos Caídos, Içami Tiba, 6ª edição, Editora Gente)

Exames toxicológicos e detecção de drogas
Quais tipos de exames toxicológicos existentes? Eles detectam qualquer droga?
A partir de quando eles dão positivo? - Saiba mais...

Como as Drogas Circulam no Corpo



As drogas circulam de maneira previsível pelo corpo e ganham maior velocidade e alcance a partir do momento em que entram na corrente sanguínea.
O sangue circula dos tecidos para o coração através das veias. Do coração, ele parte para os pulmões para adquirir oxigênio e liberar o dióxido de carbono. O sangue volta, então, para o coração através das artérias, carregando consigo a droga.


As drogas podem der administradas oralmente, aspiradas pelo nariz ou inaladas até os pulmões. Podem também ser injetadas através da pele, de uma camada de gordura, músculo ou dentro de uma veia (via intravenosa). A injeção intravenosa é a via que produz os efeitos mais rápidos.




(Fonte: Como agem as drogas, Gesina L. Longenecker,PH.D. Quark books. Ilustrações de Nelson W.Hee)



http://www.antidrogas.com.br/oquedrogas.php

terça-feira, 16 de agosto de 2011

POR QUE O PROFESSOR GANHA POUCO NO BRASIL? Parte I


POR QUE O PROFESSOR GANHA POUCO NO BRASIL? Parte I

por Bruno Coriolando

Depois desse texto, você será capaz de me odiar, pois acredito que não seria capaz de ler o mesmo sem a ajuda que obteve de algum professor um dia. Essa luta pela educação não é só de uma área, mas de uma nação.
Para começar a responder a essa pergunta, precisamos entender quem é o zelador da educação nesse país. No Brasil, o governo deveria ser o grande responsável pela manutenção da coisa publica. Bobagem, aqui está tudo entregue a um bando de sanguessugas. Não existe visão e os investimentos mais servem para cobrir rombos, gastos desnecessários e roubos do que para o que julgamos ser correto: o investimento em um país melhor.

Voltando a pergunta que serve também como título desse texto, tenho dito ao longo da minha vida que educação será sempre aquele setor usado para eleger alguns em época de campanha. Não haverá mudança se dependermos de políticos que não passaram pelas mazelas do nosso povo.


Comecemos pela visão que nossos governantes têm a respeito da palavra investimento. Quase 100% deles acreditam que dá dinheiro para a área do petróleo é investir, mas para a educação é gasto. Começo a acreditar que votar também deveria ser considerado gasto, pois gastasse muito para ter um pleito.

Acreditem, já foi bem pior. Antigamente, mas nem tão antigamente assim, os filhos de agricultores só tinham pela frente uma perspectiva: serem agricultores como os pais. 

Com o passar do tempo, surgiram aqueles que queriam “ensinar outras coisas”, mas não havia regulamentação nem preparo para tanto. O ensino era bem precário mesmo.

O tempo mudou, as necessidades mudaram, mas a educação ficou estagnada nessa visão, mesmo depois dos professores passaram a se preparar mais e melhor a coisa continua ruim.

Por que um professor ganha tão pouco no Brasil? Resposta simples: não são bem vistos pelo governo, pois “ensinar” a pensar criticamente pode ser uma arma muito perigosa nas urnas. Algo extremamente destruidor.

Como proposta, acredito que tornar a escola cada vez mais publica, obrigando os filhos e netos de políticos a cursarem as aulas como alunos regularmente matriculados, pode não só mostrar coerência, como também forçar o investimento nesse setor, pois qual político vai querer ver seu filho ou neto sem nenhuma perspectiva de vida como o resto de nós?
Fico triste quando imagino que pessoas como Paulo Freire, que deixaram um vasto legado para a educação, teriam que viver com um .salario mínimo de professor em um país tão rico como esse nosso.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

DIA DOS PAIS -GRUPO UNIÃO

Neste domingo, 14/08, o círculo do ECC "União", reuniu-se em comemoração ao dia dos pais, com uma festa muito bonita, com muita espiritualidade, para isso contou também com a presença do Padre Marciel, engrandecendo mais ainda este evento. Teve muita descontração, alegria, presentes para os pais, lindas declarações para os homenageados, tudo em um clima muito festivo!
























sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Impostômetro é instalado em Mossoró


O Impostômetro, instrumento que faz a contagem dos impostos recolhidos pela União, Estados e Municípios, será instalado hoje na Praça Vigário Antônio Joaquim, no Centro de Mossoró.
A presença do Impostômetro em Mossoró faz parte das comemorações dos 15 anos de criação do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do RN (SESCON-RN), que inclui também a distribuição do bolo tributário à população. Um bolo onde consta a maior dos nomes dos impostos. "Pelo menos uma parte, já que são tantos impostos que só caberia num bolo gigante", observa a diretora regional do Sescon-RN, Cláudia Pedrosa Pinto Leite.
Cláudia explica que a intenção é chamar a atenção da população para a alta carga tributária praticada no Brasil. "A maior parte da população não sabe quanto paga de imposto. O bolo tributário vai mostrar o percentual de alguns produtos, enquanto que através do Impostômetro a população vai sentir que paga muito, já que os números da arrecadação passam tão rápido que não é possível acompanhar", ressalta.
A afirmação da diretora sindical é confirmada pela própria população.
O radialista Agenor Melo reconhece que não faz a menor ideia do percentual de impostos que paga em cada produto que adquire.
Agenor também não se preocupa em procurar informação, mas de uma coisa ele diz ter certeza: paga muito.
A funcionária pública Socorro Targino também desconhece o quanto custa ao seu bolso os impostos cobrados pela União, Estados e Municípios.
Entretanto, Socorro também reclama que paga muito e o pior: "Os impostos não são bem aplicados, não representam melhorias para a população com a mesma intensidade com o que é cobrado".



http://www.defato.com/mossoro.php#mat2